"Não basta dizer que se é consciente de algo; é-se, também, consciente de algo como sendo algo"



sábado, 6 de março de 2010

..:: Algo para começar as coisas ::..



Nunca fui um blogueiro cativo, sempre avistava aqueles anúncios de amigos divulgando seus portais a serem apreciados pelo grande público ou, de menos pretensiosos, pelos que comungam dos mesmos caminhos e concepções, visto que parte destes ambientes virtuais se propõem a expor os caminhos e concepções dos seus respectivos donos. Pois bem, aqui estou eu, com a sensação de pertencimento a esse último grupo, condenado a escrever aqui o que acho conveniente e o que advém de meus direcionamentos políticos, culturais e informais. Nada mais justo, nesse contexto, que justificar o título do blog... Ora, pensei tanto (na tentativa de não trair meus caminhos e concepções) que acabei por colocar um nome assim... que não diz a que veio, que talvez esteja fadado ao insucesso, à falta de interesse, no entanto, analisemos:  em um diálogo, o que nos vem à boca quando não temos mais palavras para expressar determinados caminhos e concepções?! Bom... sejam bem vindos e sintam-se à vontade com as coisas aqui apresentadas... se quiser falar algo... as postas estão abertas!


Ahhh... se este blog cair em esquecimento, ainda assim há felicidade em mim... o que ponho aqui não passa de um registro, de um rabisco, daquilo que penso, tenho acesso e preciso alimentar, mesmo que de uma maneira tão particular. Escrita e leitura de um autor-expectador!

Nenhum comentário:

Postar um comentário